EN

InvoiceXpress - Blog oficial

Contabilidade organizada – quem é obrigado a ter? E quais as diferenças para o regime simplificado?

InvoiceXpress | 27 de Julho de 2012 | Contabilidade & Facturação, Dicas | 36 comentários

CONTABILIDADE ORGANIZADA

Quem é obrigado a usar?
A contabilidade organizada é obrigatória para todo o sujeito passivo que seja uma sociedade por quotas, uma sociedade anónima ou uma sociedade unipessoal.

Técnico oficial de contas:
Um sujeito passivo com contabilidade organizada é obrigado a ter um TOC e deverá ser este último a submeter as declarações do sujeito passivo. O custo a ter com o TOC deve ser tido em conta (a partir de sensivelmente 150,00€/mês).

Deduções:
Na contabilidade organizada, um sujeito passivo pode deduzir as despesas que tenha com a sua actividade, incluindo os custos que que tenha com o TOC. Apresentar despesas é vantajoso para uma empresa dado que o imposto é calculado sobre o lucro gerado, ou seja, primeiro é retirado o valor das despesas ao seu valor facturado e depois é que se aplica o imposto.

Base de apuramento de imposto:
A base será, no caso de contabilidade organizada, o resultado liquído do seu negócio.

REGIME SIMPLIFICADO

Quem pode usar?
O regime simplificado é uma opção válida para sujeitos passivos que sejam Profissionais Liberais e Empresários em Nome Individual (ENI) que, no exercício da sua actividade, tenham um montante anual ilíquido de rendimentos inferior a 150.000,00€. Contudo, estes profissionais liberais ou ENIs podem sempre optar pela contabilidade organizada se assim pretenderem.

Técnico oficial de contas:
O sujeito passivo em regime simplificado tem dispensa de ter um TOC. Se o sujeito passivo tiver o conhecimento, poderá ele mesmo fazer toda a sua contabilidade, mas se preferir pode optar por trabalhar com um TOC.

Deduções:
No regime simplificado o sujeito passivo não pode deduzir as despesas que tem com a sua actividade.

Base de apuramento de imposto:
Será, no caso de regime simplificado, o volume de negócio, sendo que o regime simplificado considera que 70% dos rendimentos ganhos são líquidos e que os outros 30% são as despesas efectuadas.


Generalizando, se uma empresa tem custos superiores a 30% ser-lhe-á mais proveitoso optar pela contabilidade organizada. Caso contrário, se tiver a opção, sugerimos que opte pelo regime simplificado. Contudo, cada cenário tem as suas excepções e variáveis, aconselhamos a consulta detalhada com um especialista antes de finalizar a sua decisão.


Para o seu caso qual o regime que funciona melhor? Deixe um comentário.

Tags: , , , , ,

36 comentários

  • 28 de Julho de 2012 Alfredo Abambres

    Correção:

    «
    EMPRESA (sociedade por quotas Sociedade anónima, ou sociedade uni-pessoal) SEMPRE abrangido por Contabilidade organizada.
    »

    desde 2010.

    O que aqui está escrito só se aplica a Profissionais Liberais e Empresários em Nome Individual.

  • 28 de Julho de 2012 David Chan

    Tal como o Sr. Alfredo Abambres referiu e muito bem, no caso de ser uma EMPRESA não existe a possiblidade de se escolher Regime Simplicado e será sempre obrigatório um TOC.
    A informação aqui apresentada está correcta mas só se aplica a Profissionais Liberais e Empresários em Nome Individual.
    Em relação ao período mínimo as coisas também mudaram ligeiramente este ano. Podem consultar este link para lerem as alterações:

    http://www.otoc.pt/pt/noticias/regime-simplificado-do-irs/

    Para mais informação devem sempre consultar o website da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas e aconselho também a rúbrica “Conselho Fiscal” disponível no site da TSF.
    Abraços

  • 6 de Agosto de 2012 Pedro dos Santos @ InvoiceXpress

    Alfredo e David,

    Obrigado pela chamada de atenção e contributo! Artigo devidamente editado.

  • 14 de Agosto de 2012 Nuno Saraiva

    Há apenas uma questão técnica que convém alertar (pelo menos aqui nos comentários).

    “Base de apuramento de imposto:
    A base será, no caso de contabilidade organizada, o resultado liquído do seu negócio.”

    De facto é a base, mas o resultado líquido sofre algumas alterações, chamadas correções fiscais que é preciso ter cuidado ao orçamentar.

    É preciso também ter cuidado com as despesas com carros e alimentação e viagens oferecidos a terceiros pois pagam um imposto adicional de 10% ou 20%.

    Veja-se por exemplo uma empresa que tem 50.000 Euros de Lucro.
    O normal será pagar de imposto 25% * 50k = 12,5k

    Virá RAI = 50k
    Imposto = 12.5k
    RL = 37.5

    Se a mesma empresa tiver incorrido numa multa a pagar o IRC é

    (50.000 + 5000) * .25 ) = 13.75k
    Vem
    RAI= 50k
    Imposto 13.75
    RL= 36,25

    De notat ainda que na distribuição dos dividendo há um imposto de 25%, pelo que há uma elevada carga fiscal no capital (ao contrario do que se gosta de dizer nas noticias).

  • 13 de Novembro de 2012 Ana Ventura

    Bom dia,
    Alguém me pode dizer por favor de quem á a obrigação de ir ao portal das finanças da minha empresa quando tenho contabilidade organizada? Não é suposto ser a contabilista a prever as multas e informar-me?
    Obrigada

  • 15 de Novembro de 2012 Sabina Zainabo Assane

    Boa tarde, pretendo abrir uma empresa de arquitectura e construção civil gostaria de saber que tipo de contabilidade seria mais viável para este tipo de actividade, moro em Nampula Moçambique

  • 9 de Dezembro de 2012 António Velez

    Boa tarde! Sou empresário em nome individual (na área da restauração) com contabilidade organizada e faturação anual a rondar os 70.000€. Isso significa que posso dispensar o TOC ? (Pago-lhe 164€/mês o que dá 2000€ anuais)

  • 14 de Dezembro de 2012 Teresa

    Ana Ventura,
    Boa tarde.
    Boa pergunta. Também já tive um problema relacionado com uma questão dessa natureza.
    Se alguém entretanto souber responder, agradeço.
    Obrigada.

  • 20 de Janeiro de 2013 tania nunes

    boa noite
    eu vou coletar me agora como esteticista. gostaria de saber qual a melhor opçao para mim. o meu marido tem contabilidade organizada e em empresario em nome individual, mas trabalha em construçao civil. ja agora sou obrigada a passar faturas?
    obrigada

  • 31 de Janeiro de 2013 Dinea Medeiros

    Sr.Antonio Velez, desde que tenha contabilidade organizada é obrigado, por Lei, a ter um TOC.

  • 31 de Janeiro de 2013 Dinea Medeiros

    D.Tania, com a atividade de esteticista e se não faturar mais que 10.000€ no ano 2013, deverá ficar no regime de isenção do IVA e aconselho-a a ficar em IRS Regime Simplificado.
    Sou TOC por isso dou esta informação.

  • 6 de Fevereiro de 2013 Madalena

    Boa Noite,

    Sou profissional liberal e trabalho desde 2010 até ao presente com recibos verdes.
    Mensalmente, em média, aufiro 1500 – 2000€, tendo daqui fazer retenção – 375 – 500€ – e pagar a segurança social.
    Não me compensaria ter contabilidade organizada? Obrigada.

  • 8 de Fevereiro de 2013 Lino Neves

    boa noite eu tenho um movimento de 40 mil euros ano
    qual a contabilidade que devo utilizar

  • 9 de Fevereiro de 2013 Anabela

    Boa noite sou trabalhadora independente con facturaçao inferior a 25000 eurs.Queria mudar para empresa unipessoal alguem sabe dizer quais sao as vantagens e desvantagens????obrig

  • 10 de Fevereiro de 2013 Gil Marques

    Boa noite,
    Gostaria montar uma empresa que restaura, entre outras coisas, material que só encontro na Net (particulares). Sendo assim, não compro a ‘matéria prima’ a uma empresa e não tenho facturas para deduzir.
    Como passo fazer para descontar essas compras ? Será que uma declaração manuscrita do vendedor será suficiente ? Posso levantar dinheiro do capital social para fazer estas compras ?
    Obrigado
    Gil

  • 20 de Fevereiro de 2013 Ana Soares

    tenho uma Sociedade por Cotas,e por isso Organizada.É possivel optar por uma Sociedade Simpificada? E qual a vantagem?

  • 20 de Fevereiro de 2013 Ana Soares

    Tenho uma Sociedade por Quotas e por isso Organizada.É possivel optar pela Simplificada? Quais as vantagens?

  • 20 de Fevereiro de 2013 Ana Soares

    Acho que não me expliquei bem:Tenho uma Sociedade por Quotas e Organizada,terei vantagem em optar por uma Sociedade em Nome Individual e por isso ter uma Contabilidade Simplificada? queis as vantagens?

  • 1 de Março de 2013 Ana Duarte

    Boa noite,
    Estou com um projecto para abertura de um centro de convívio para idosos em que no máximo possuirá 5 funcionários. Qual a melhor opção,sociedade uni pessoal ou sociedade por quotas?
    Ou sendo um projecto que tem que ser aprovado pela IPSS tem outras condiçoes?Muito obrigada.

  • 3 de Março de 2013 fatima caiado

    ola. a minha fihla esta para iniciar atividade na area de cafe bar. sera que vai precisar ter TOC e contabilidade organizada?

  • 4 de Março de 2013 Daniel

    Exmo senhores. Tenho uma proposta de trabalho previsto para o meio desse ano.E provalvelmente terei de emitir facturas. Será em torno de 1000€/mês.Fazendo as contas daraem torno de 13000€/ano. Gostaria de saber qual o melhor para mim? Será para manutençoes de piscinas e limpezas. No caso sendo 1000€, levarei quanto para casa apos pagamento dos impostos? Meu desejo e ir ampliando este valor agariando mais serviços.

  • 11 de Março de 2013 Isabel Domingues

    1 – UMA COMPRA DE PATOS PARA O LAGO DA EMPRESA SEM FATURA E PAGO COM CHEQUE DA EMPRESA. CONTABILIZO COMO?
    2 – Compra de um Pastor Alemão PARA GUARDA DA EMPRESA. CONSIDERO 436.
    3 – Compra de peixes e ornamentação do aquário da empresa. Como classificar?

  • 11 de Outubro de 2013 jorge seia

    bom dia
    sou médico veterinário, pretendo abrir consultório em espaço alugado, previsto facturar 7,500€/mês.
    como devo coletar-me individual ou soc unipessoal?
    quais são as minhas obrigações perante o fisco e seg social?
    posso ter uma colaboradora em part-time?
    ou seja dos 7500€ menos a renda, despesas de funcionamento ,pag a fornecedores e honorários, quanto tenho entregar ao estado?
    obrigado

  • 18 de Outubro de 2013 Carla Cardoso

    Bom dia,

    Quero abrir um café, sou obrigada a ter escrita organizada?

    Sem outro assunto de momento, subscrevo-me.

    Atenciosamente
    Carla Cardoso

  • 14 de Novembro de 2013 Pedro

    Boa tarde:
    Tenho uma empresa de sociedade por cotas (Lda) pago sensivelmente 220€ á contabilidade por mês. Já me disseram que era exagero. Estarei a ser “levado”? Quanto é a media a pagar á contabilidade?

  • 1 de Dezembro de 2013 Lucia Pinho

    tenho uma empresa Unipessoal, Lda com contabilidade organizada. Estou a auferir um salario de 500,00 euros que nao paga as despesas que tenho particularmente, renda, luz, agua, gas , alimentação etc. poderiam informar se ao fim de cada ano se pode retirar algum dinheiro da empresa e passa-lo para a conta particular e quais os custos que isso acarreta?

  • 16 de Dezembro de 2013 Tânia Damião

    Bom dia Carla Cardoso.

    Não é obrigada, mas poderá ser mais vantajoso para deduzir as despesas afectas à actividade.

  • 6 de Janeiro de 2014 Helder Chaves

    Boa Tarde, tenho conhecimento de que um Toc a quando da opção de escolher Contabilidade Organizada ou simplificada se esqueceu de inserir a opção de Contabilidade Organizada, e como tal a empresa compra as matérias primas e como não trabalha apenas a base de mão de obra vai passar um enorme valor de irs , existirá alguma opção ou solução para corrigir este erro?, será possível agora depois do prazo de dia 31 de Março expirar mudar para contabilidade Organizada?

    Gostaria que alguém me pudesse esclarecer esta situação

  • 15 de Janeiro de 2014 an

    Boa Tarde
    Tenho um pequeno comercio e o meu montante anual não chega aos 150.000,00€ sou obrigada a ter TOC?

  • 18 de Janeiro de 2014 Teresa Almeida

    Boa tarde,

    Vou abrir uma tabacaria numa estacao de metro.
    O que sera mais vantajoso? Empresario em nome individual ou sociedade unipessosl?
    Nao faco ideia quais serao os lucros, mas o facto de vender tabaco pode fazer disparar os valores da facturacao. Como o lucro é baixo… os pec e pe das sociedades nao serao prejudiciais para mim?
    Agradecida. Teresa

  • 5 de Fevereiro de 2014 Miguel

    Bom dia
    A minha sogra possuía o trespasse de um café, entretanto adoeceu e o marido acabou por alugar o respectivo café.
    Do resultado da renda do café, aufere o total anual de 8.600.00 € e de uma residência que também tem alugada 3.600.00€, dando um total de 12.000.00€.
    A poucos dias a minha sogra faleceu, e pelo que tive conhecimento, o marido ainda andava a efectuar o pagamento de cerca de 400.00€ a um TOC.
    Agora a minha questão é, ele com estes valor e não possuindo o negócio do café necessita do Toc, e qual a escrita que deve possuir?

  • 20 de Fevereiro de 2014 Helena Carvalho

    Bom dia
    sou presidente de um associação cultural sem fins lucrativos e temos uma academia de musica a funcionar. Somos obrigados a contabilidade organizada? TOC?

  • 25 de Março de 2014 José Manuel

    Bom dia.

    Sou musico em part-time ( sou funcionari publico ) e gostaria de saber se é possivel ter esse regime simplificado para exercer a atividade de musico legalmente.

  • 31 de Março de 2014 Francisco Santiago

    Viva,

    Fazem ideia se, numa Sociedade de Gestão de Participações Sociais, as mais-valias obtidas com a compra e venda de bens mobiliários devem ser tributadas, mesmo que sejam reinvestidas?

    Cumprimentos

  • 7 de Abril de 2014 Isabel Gaspar

    tenho uma empresa Unipessoal, Lda com contabilidade organizada. Estou a auferir um salario de 500,00 euros que nao paga as despesas que tenho particularmente, renda, luz, agua, gas , alimentação etc. poderiam informar se ao fim de cada ano se pode retirar algum dinheiro da empresa e passa-lo para a conta particular e quais os custos que isso acarreta?

  • 7 de Abril de 2014 Isabel Gaspar

    Boa Tarde
    imagine que a minha empresa tem um lucro apurado de 1000€ – 35% de IRC = 650€. Se eu retirar da conta do ativo esse valor para a minha conta pessoal, vou pagar 30% de IRS sobre esse valor?

    Deixe um Comentário

  • obrigatório
  • não é publicado, obrigatório


*

Registe-se hoje
Experimente 30 dias grátis
Experimente Já

Estamos presentes: